A poluição plástica é considerada uma das principais causas atuais de danos ao meio ambiente e à saúde. Mesmo assim, os números da produção e descarte incorreto deste material não param de crescer. Mais plástico foi produzido na última década do que em todo o século passado. Por ano, são consumidas cerca de 5 trilhões de sacolas plásticas em todo o planeta. 

A cada minuto, são compradas 1 milhão de garrafas plásticas e 90% da água engarrafada contém micro plásticos. Metade do plástico consumido pelos humanos é descartável (e evitável) e pelo menos 13 milhões de toneladas vão parar nos oceanos anualmente, prejudicando 600 espécies marinhas, das quais 15% estão ameaçadas de extinção. 

Fonte: ONU

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Nós da Copapel estamos envolvidos em um calendário de projetos e ações para atingir os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o qual este projeto faz parte. Uma agenda mundial adotada por todos os 193 Estados-membros da ONU, que assumiram um compromisso global sobre o Desenvolvimento Sustentável durante a Cúpula das Nações Unidas, em setembro de 2015. Atualmente, a agenda contempla um plano de ação internacional composto de 17 objetivos, desdobrados em 169 metas, a serem atendidos até 2030. 


Com o objetivo de contribuir para esses objetivos criamos o projeto "Tampinha Solidária" que conecta diretamente com o ODS 12 (Consumo e produção responsáveis), promovendo logística reversa por meio da reciclagem de matéria-prima. E indiretamente contribui para os ODS 11 (Cidades e comunidades sustentáveis), ODS 13 (Ação contra a mudança global do clima), ODS 14 (Vida na água), ODS 15 (Vida terrestre) e ODS 17 (Parcerias e meios de implementação). 

Projeto Tampinha Solidária

Desenvolvemos essa campanha que visa recolher tampinhas plásticas de todos os tipos e após o recolhimento, o montante é vendido para cooperativas de reciclagem e o valor é revertido na compra de equipamentos ao Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, em Joinville. Instituição sem fins lucrativos, o hospital realiza mensalmente mais de 11 mil atendimentos custeados pelo Sistema Único de Saúde, sem gerar nenhum custo direto à população. É referência em atendimentos médico-hospitalares de crianças e adolescentes, no atendimento emergencial e especializado para todo o estado de Santa Catarina.

Os principais objetivos do projeto são:

Minimizar o impacto negativo do plástico no meio ambiente;

Educar para a sustentabilidade ambiental;

Realizar economia circular e reversa;

Educar as pessoas e resolver, ao menos em parte, o problema do resíduo nas ruas.

“Não podemos mudar o mundo como um todo, mas podemos ser agentes de transformação para as pessoas ao nosso redor e desta forma, seremos vetor para um futuro melhor e mais sustentável para todos nós” - Pâmela Budal Arins May, Diretora de compras e marketing da Copapel.

Você pode participar da campanha levando suas tampinhas plásticas a um dos pontos de coleta nas cidades de Joinville, Blumenau, Palhoça e Chapecó em Santa Catarina, no Paraná em Arapongas e São José dos Pinhais e no estado do Rio Grande do Sul, na unidade de Porto Alegre. A equipe responsável fará o registro da doação e contabilizará no peso total arrecadado. Os resultados da coleta e entrega dos materiais ao hospital serão divulgados mensalmente nos canais oficiais de comunicação da Copapel.

Todos os tipos de tampinhas plásticas são aceitos: tampinha de refrigerante, de água, de leite, de pasta de dente, de óleo, de detergente, de xampu, de produtos de limpeza, entre outros.

Assista ao vídeo do projeto e participe: