A compostagem é o processo biológico de valorização da matéria orgânica, seja ela de origem urbana, doméstica, industrial, agrícola ou florestal, e pode ser considerada como um tipo de reciclagem do lixo orgânico. Trata-se de um processo natural em que os microrganismos, como fungos e bactérias, são responsáveis pela degradação de matéria orgânica, transformando-a em “húmus” (material muito rico em nutrientes e fértil).

Atualmente, com a crescente utilização de métodos direcionados para a preservação do meio ambiente, a compostagem é uma solução para a redução do volume de lixo que é encaminhado para aterros e lixões todos os dias. O processo de compostagem é higiênico e conta com fatores como: umidade, temperatura e aeração do solo.

No Brasil, mais da metade de resíduos gerada é de natureza orgânica. Com a cultura da compostagem bem difundida na sociedade, o volume de resíduos gerados levado a aterros vai diminuir, reduzindo gastos e emissões de CO² com transporte, além de baixar emissões de metano.

Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)


Composteira Copapel

No início deste ano, adotamos o programa de compostagem na unidade administrativa da Copapel em Joinville, a Casa Verde. Todo lixo orgânico permitido para a prática é destinado corretamente através de comunicados para a equipe e avisos nos murais. Os resultados são ótimos e os colaboradores podem levar o húmus (resultado da compostagem) para casa, utilizando em hortas, plantas e flores.

Saiba como implementar um sistema de compostagem neste vídeo com as instruções da nossa profissional de limpeza, Dona Janice.